TRAVESTI É MORTA A TIROS POR TRIO NA ZONA NORTE DE MACAPÁ

Jorrana Patrícia da Silva, de 32 anos, foi morta na noite de sábado (6) no bairro do Brasil Novo. Uma segunda pessoa também foi ferida durante a ação.

Uma ativista travesti de 32 anos identificada como Jorrana Patrícia da Silva foi morta a tiros por um trio no bairro do Brasil Novo, na Zona Norte de Macapá, na noite deste sábado (6). 

Segundo o boletim do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes), o crime foi cometido por um trio que estava num carro. Além de Jorrana, um homem de 32 anos também foi ferido.

O veículo teria se aproximado das vítimas e os ocupantes começaram a disparar. Jorrana e a segunda vítima foram levadas, por testemunhas, ao Hospital de Emergência de Macapá (HE), mas ela não resistiu. 

A ativista, de acordo com informações, era conhecida por sua atuação na área da Zona Norte de Macapá. A polícia não deu detalhes sobre a motivação do crime. 

A Polícia Científica do Amapá (PCA) fez a remoção do corpo. A Polícia Civil investiga o caso. 

A Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres do Amapá (Sepm) em nota lamentou a morte de Jorrana. (Veja nota na íntegra abaixo). 

A Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (Sepm) lamenta e repudia veementemente o assasinato da estudante Jorrana Patrícia da Silva, de 32 anos, ocorrido no último sábado, 06, em Macapá. Este crime brutal choca a todos, especialmente pela crueldade infligida a uma travesti. 

O centro AMA LGBTI já entrou em contato com a família para oferecer todo o suporte necessário. 

A SEPM reafirma seu compromisso e empenho para promover ações que visem coibir crimes dessa natureza contra as meninas e mulheres do Amapá. 

Expressamos nossos sinceros sentimentos à família e amigos neste momento. 

Fonte: G1 AP

0
Subscribe
Notify of
guest

9 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nemesis

Conseguiu o furo que tanto queria.

0
the-joker-coringado

travesti deve ser a minoria com a menor expectativa de vida de todas

quando nao morrem de suicidio vem alguem e mata. Travesti velho é mais raro que baiano branco

1
arckeid

eu sou baiano e sou branco carai kkkk

0
Tamandua.Bandeira.2000

arckeid, kk toma cuidado em, do jeito que ta a Bahia vc vai de arasta pra cima rapidinho.

0
Samue Henrique

Kkkkk

0
Jacinto pinto

Mataram o cara porque?

0
Escolinha do professor Ademir

Eu Gomo 👌😋 vejo filmes yago tranny shemales.

0
Tiago

Que infelicidade

0
isaac

ala veado ela ta viva

0
Authorization
*
*
Registration
*
*
*
Password generation